A derrota dos candidatos homossexuais nas eleições de 2012

Posted: Outubro 22, 2012 in Blogs Recomendados
Tags:

Rev. Jucelino Souza

Em conversa com o site homossexual MixBrasil, o deputado Jean Wyllys não pôde negar o desempenho gay nas últimas eleições municipais. Ele classificou de “fiasco” o resultado das urnas. Se somados todos os votos recebidos pelas mais de 150 candidaturas homossexuais em todo o Brasil, o número final é insignificante: 106 mil votos.

Brasil elege 4 gays, 3 transexuais e 2 lésbicas para Câmaras Municipais
Câmaras que receberão LGBT estão em Salvador, Nova Venécia (ES), Cajazeiras e Pilar (PB), Niterói (RJ), Cruz Alta (RS), Florianópolis, Bauru e Piracicaba (SP)
Dentre 155 candidaturas de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT) no país, apenas nove obtiveram votos suficientes para ocupar um cargo nos legislativos municipais em 2012. As Câmaras de Vereadores que receberão 4 gays, 3 transexuais e 2 lésbicas estão em Salvador, Nova Venécia (ES), Cajazeiras e Pilar (PB), Niterói (RJ), Cruz Alta (RS), Florianópolis, Bauru e Piracicaba (SP). cf. AQUI

Esse número está muito abaixo de 1 por cento da população brasileira. Se o número de uns 17 milhões de gays brasileiros, alardeados pelos grupos gays e pelo governo, fosse verdadeiro, então o resultado das urnas apontou uma revelação muito importante: a população gay em massa não quer saber de ativista gay entrando na política para impor seu supremacismo gay neles e em nós.Mas é evidente que o número de 17 milhões de gays, computado a bpartir da manipulação estatística de Alfred Kinsey, é totalmente falso e ridículo. O número de gays no Brasil deve estar entre 2 e 3 por cento, o que daria uma população de uns 4 a 6 milhões de indivíduos.

Mesmo assim, o problema é imenso para os ativistas gays. Os 106 mil votos representam menos de 3 por cento de uma suposta população gay de 4 milhões de indivíduos.

A população gay está dando um sonoro “não”, acompanhado de um belo chute no traseiro, aos ativistas gays na política!

O MixBrasil disse: “Reclamamos tanto dos telepastores que detonam os direitos gays, vociferamos contra as bancadas evangélicas e suas tentativas de derrubar a união civil, de implantar Dia do Orgulho Hétero e de esvaziar o PLC 122. Mas, convenhamos, eles dão voto. A gente não”.

E não é de hoje que os telepastores são encarados como uma grande dor de cabeça para os ativistas gays e sua agenda doida e agressiva. Recentemente, desmascarei como o programa Fantástico, da Globo, mostrou de forma maqueada ativistas gays e um pastor presbiteriano extremamente incomodados com os telepastores.

FONTE: Blog do Julio Severo
Acesse: http://juliosevero.blogspot.com.br/2012/10/a-derrota-dos-candidatos-homossexuais.html

Rev. Jucelino Souza
Twitter: http://twitter.com/jucelinosouza
Facebook: https://www.facebook.com/pages/Rev-Jucelino-Souza/273821809317860
E-mail: jucelinofs@yahoo.com.br

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s