MILITÂNCIA INSANA: Abaixo-assinado nos EUA pede que dicionário mude definição de “casamento” e inclua gays

Posted: Maio 23, 2012 in Blogs Recomendados
Etiquetas:, ,

Rev. Jucelino Souza
via Opera Mundi

Dictionary.Com pode ser acessado em: http://dictionary.reference.com/browse/marriage?s=t

Dictionary.Com pode ser acessado em: http://dictionary.reference.com/browse/marriage?s=t

ALGUNS MILITANTES, COMPULSIVOS E DESESPERADOS EM VEREM SUA CAUSA ENGOLIDA PELA SOCIEDADE, LUTAM PELOS SONHOS E DEVANEIOS MAIS INIMAGINÁVEIS… É DESESPERO DE QUEM NÃO VIVE DE BEM CONSIGO MESMO.

Em meio à intensificação dos debates sobre a legalização da união civil entre homossexuais nos EUA, um ativista do estado de New Hampshire decidiu lutar por uma pequena mudança capaz de semear gestos de tolerância e aceitação.

Com o auxílio do site change.org, uma rede social que reúne abaixo-assinados dos mais diversos movimentos sociais, Mike Raven idealizou uma petição para tentar convencer dicionários a modificar a definição do verbete “casamento”.

Na carta que acompanha o documento virtual, ele se justifica e diz que, “se todos os argumentos [contrários] surgem de uma definição intangível de casamento, então é hora de modificar essa definição”. Isso porque “enquanto não há como alterar a maneira opressiva e discriminatória com a qual algumas religiões continuam definindo casamento, podemos recorrer a um lugar ainda melhor: os dicionários”.

A ideia surgiu quando Raven se deparou com as frustrações vividas por sua irmã gêmea, uma militante lésbica que se indignou com a notícia de que o Executivo do Estado da Carolina do Norte havia vetado a lei que permitia o casamento gay.

Seu principal alvo é o site Dictionary.com, cuja audiência mensal ultrapassa a marca dos 50 milhões de leitores. Lá, a definição para o verbete “casamento” se limita à “instituição social sobre a qual um homem e uma mulher estabelecem sua decisão de viver como marido e esposa”.

A sugestão de Raven é de que essa definição passe a ser “o ingresso consensual de dois adultos em uma relação de longo prazo como marido e esposa, marido e marido, ou esposa e esposa, com base no amor e no comprometimento”.
Em nota ao portal Huffington Post, o Dictionary.com lembrou que, na segunda definição para o verbete, há uma concessão para a união de pessoas do mesmo gênero. Contudo, para Raven, isso não é suficiente, pois, para ele, essa concepção “está separada mas é a mesma”. O dicionário não deu previsões sobre quando modificará sua definição.
O casamento gay ainda não é reconhecido nacionalmente. Ainda assim, seis estados e o Distrito de Columbia aprovaram regulamentações que autorizam leis de igualdade nas uniões civis. Enquanto isso, Raven já conta com sete mil assinaturas de uma meta de dez mil.

FONTE: Opera Mundi
Acesse: http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/22016/abaixo-assinado+nos+eua+pede+que+dicionario+mude+definicao+de+casamento+e+inclua+gays.shtml?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter

Rev. Jucelino Souza
Twitter: http://twitter.com/jucelinosouza
Facebook:https://www.facebook.com/pages/Rev-Jucelino-Souza/273821809317860
E-mail: jucelinofs@yahoo.com.br

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s