ACIDENTES EM TODO ESPORTE ACONTECE – mas porque no UFC tem que ser ESCONDIDO

Posted: Dezembro 13, 2011 in Blogs Recomendados
Etiquetas:

Rev. Jucelino Souza
via Super Esportes

Brutalidade da última edição do UFC reabre debate acerca do impacto da modalidade
Tenho apelado para a consciência dos cristãos, sobre assistirem, ou ainda torcerem e promoverem estes verdadeiros espetáculos de brutalidades, que são estas lutas do UFC. Contudo tenho falado a ouvidos moucos.

Há inclusive aqueles, dentre eles ministros do evangelho do SENHOR J_us, que dizem estarem apenas apreciando mais uma modalidade de esporte com um pouco mais de contato do que outros e que isto está perfeitamente justificado a partir do mandato cultural das Escrituras, e se defendem: não devemos ser radicais, Paulo e até o SENHOR J_sus também apreciariam esta boa luta, absurdo!

Mas eu pergunto: porque estão tentando esconder do povo as cenas de brutalidades/ Por que as grandes emissoras não reprisam lutas onde ocorrem cenas fortes e faz seleção na exibição das imagens?

Tente acessar o vídeo da última luta do Minotauro, quando ele foi brutalmente atingido tendo seu braço quebrado de forma insana. procure no Google, tente no Youtube, vá até o site oficial da UFC. Eu fiz todas estas buscam em não consegui assistir. Quando encontrei um site que disponibilizava a luta, deparei-me com a seguinte mensagem por parte do Youtube:

O lutador ficará mais de cinco meses sem poder praticar suas atividades devido ao acidente. A maioria dos noticiários divulgaram que foi uma FRATURA, algo não muito sério, que nem precisa de ser operado, mas os médicos divulgaram a chapa de Raio-X e percebe-se claramente que o braço do gladiador foi impiedosamente quebrado, ele teve o osso principal de seu antebraço, o úmero, quebrado em dois pedaços. Veja o Raio-X:

Quem assistiu ao evento ao vivo se chocou com as derrotas sofridas pelos dois lutadores brasileiros. A programadora Raquel Araújo, que acompanha a modalidade há um mês e meio, ficou mais tempo com os olhos fechados que abertos. “Quando vi o Lyoto desmaiando, não aguentei. É muito sangue. Assisto UFC porque gosto de esportes, de torcer pelos brasileiros e até de um pouquinho de violência. Mas não é uma modalidade para toda a família”, disse.

Até mesmo quem já está acostumado com os eventos de MMA se surpreendeu com o repertório de finalizações no UFC 140. “Não foi algo por maldade, é o trabalho dele, o lutador tinha de finalizar. Mas, para quem não conhece, foi assustador”, comentou o publicitário Luiz Fernando Leão, referindo-se à vitória do norte-americano Frank Mir sobre Minotauro. “Eu já vi finalizações muito mais fortes do que essas. O problema é que foi muita coisa para um evento só”, completou.

De acordo com o Ministério da Justiça e a Portaria nº 1.220/2007, que rege a classificação indicativa dos eventos exibidos na tevê, programas ao vivo, esportivos e jornalísticos não são censurados. Apenas o Ministério Público pode vetar a transmissão de um programa. Mas cenas que contenham agressão física são impróprias para menores de 12 anos e só podem ser exibidas a partir das 20h.

FONTE: Super Esportes
Acesse: http://www.superesportes.com.br/app/19,66/2011/12/13/noticia_maisesportes,26777/brutalidade-da-ultima-edicao-do-ufc-reabre-debate-acerca-do-impacto-da-modalidade.shtml

Rev. Jucelino Souza
Twitter: http://twitter.com/jucelinosouza
E-mail: jucelinofs@yahoo.com.br

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s