(25/10/2011) QUESTAO DE TEMPO: pastor iraniano, Youcef Nadarkhani aguarda julgamento

Posted: Outubro 25, 2011 in Blogs Recomendados
Etiquetas:

Rev. Jucelino Souza
via Portas Abertas

Enquanto o mundo aguarda a resposta final sobbre o caso de Yousef Nadarkhani, o Líder Supremo do Irã, Ali Khamenei, foi chamado para dar sua opinião sobre a possível sentença de morte para o pastor

O possível enforcamento do pastor Yousef Nadarkhani, que está enfrentando a sentença de execução por se recusar a negar a sua fé em Jesus, atingiu os mais altos níveis do governo iraniano, pois o Líder Supremo, Ali Khamenei foi chamado para dar sua opinião sobre a possível sentença de morte para o pastor.

Mohammad Dadkah, advogado de Yousef, disse à CNN que Nadarkhani ainda está vivo e que o tribunal pediu que o maior líder religioso do Irã entrasse no debate. Embora Khamenei tenha a autoridade final em assuntos no Irã, tal movimentação é incomum para um caso que deveria ter sido decidido na segunda-feira (10/10).

Após alguns julgamentos, o pastor Yousef foi acusado de ser sionista e ser uma ameaça para a segurança nacional. Mas o Supremo Tribunal do Irã apenas consta como acusação o crime de apostasia contra o pastor.

O caso atraiu atenção internacional, com governos de todo o mundo, incluindo Estados Unidos, Inglaterra e França emitindo declarações de preocupação quanto ao destino do pastor.

O Centro Americano pela Lei e pela Justiça (American Center for Law and Justice – ACLL), que está acompanhando o destino do pastor Youcef Nadarkhani informou, nesta segunda-feira (10/10/2011), que supõe que ele ainda esteja livre.

O Tribunal Estadual de Gilan, que recentemente exigiu que o pastor Christian Youcef Nadarkhani negasse sua fé ou fosse enforcado, adiou sua decisão formal. Os juízes remeteram o caso para o líder supremo do Irã, o aiatolá Khamenei. Segundo o advogado de Youcef, Mohammad Ali Dadkhah, “o tribunal decidiu pedir a opinião do Sr. (Ali) Khamenei.” Khamenei é um jurista islâmico e o árbitro final nas questões da “sharia”, a lei religiosa do país. No Irã, ele é visto como um guardião protetor.

Ainda segundo o ACLL, o incomum envolvimento do líder mais poderoso da nação neste caso demonstra que o Irã está sentindo a pressão. “Podemos estar certos que, se as mentiras espalhadas pelo Irã fossem verdadeiras — que Youcef foi condenado por estupro, extorsão e sionismo — o Tribunal não iria pedir o conselho do aiatolá supremo. Agora que o líder supremo do Irã está tratando do caso, é imperativo que a nossa principal diplomata, a secretária de Estado Hilary Clinton, peça a libertação incondicional do Pastor Youcef”.

O Centro Americano orienta, pensando no público americano, mas que se aplica também ao brasileiro: “Continue a pressionar o Irã. Compartilhe este caso. Ligue para o seu representante no Congresso e se junte aos mais de 125.000 que assinaram a petição. Vamos fazer tudo o que pudermos para que o Pastor Youcef seja libertado”.

Nadarkhani tem feito nada mais do que manter sua fé devota naquilo que acredita, o que é um direito universal para todos”, disse um porta-voz da Casa Branca. “As autoridades iranianas estão tentando forçá-lo a renunciar sua fé, o que viola os valores religiosos que eles alegam defender.”

FONTES:
Fonte: Religion Blog/ CNN
http://www.pastorjonattas.com.br/2011/10/tribunal-adia-execucao-do-pastor-youcef.html
http://www.portasabertas.org.br/noticias/2011/10/1196070/

Rev. Jucelino Souza
Twitter: http://twitter.com/jucelinosouzaE-mail: jucelinofs#yahoo.com.br

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s