JUIZ Dr. Jeronymo Villas Boas – ENTREVISTA NO FANTÁSTICO

Posted: Junho 27, 2011 in Blogs Recomendados
Tags:

Rev. Jucelino Souza

Juiz Átila Naves Amaral (Pres. da ASMEGO), Juiz Jerônimo Pedro Villas-Boas, Dr. Jean Jardim, e Juiz William Fabian

Juiz Átila Naves Amaral (Pres. da ASMEGO), Juiz Jerônimo Pedro Villas-Boas, Dr. Jean Jardim, e Juiz William Fabian

No último dia 18, Jeronymo Villas Boas, juiz de Goiás, mandou anular a união estável de um casal gay. Em entrevista exclusiva ao Fantástico, o juiz falou sobre sua decisão e negou ser homofóbico.

A assinatura histórica, que se dependesse do casal homossexual que se casou em Goiás duraria para sempre, valeu por pouco mais de um mês. Odílio e Léo foram ao Rio de Janeiro fazer outra escritura de união estável. “Sim! E não há juiz nesse país que irá nos separar”, disse Léo, na cerimônia. A cerimônia se transformou em um protesto coletivo: 43 casais homossexuais firmaram compromisso em cartório, inclusive, Odílio e Léo.

Mas eles nem precisavam ter viajado. A corregedora de Justiça de Goiás Beatriz Figueiredo Franco anulou a sentença do juiz e deu validade ao primeiro documento assinado pelo casal. “Eu achei por bem tornar sem efeito a decisão, dado o alcance administrativo que esta significava”, diz a corregedora.

O Fantástico foi a Goiás encontrar o juiz Jeronymo Villas Boas que contrariou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de aceitar a união estável de pessoas de mesmo sexo. A equipe de reportagem chegou no momento em que ele recebia a notificação da corregedoria, revendo a sentença. Saiba mais

Veja o Vídeo da Entrevista:

Perguntado se não teria medo de uma punição, ele responde: “Medo não faz parte do meu vocabulário”. Mineiro de Uberaba, 45 anos, casado, pai de dois filhos e vice-presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros. Jeronymo Villas Boas é juiz há 20 anos e diz que se baseou na lei para tomar sua decisão. “O que neste ato pretenderam os dois declarantes é obter a proteção do estado como entidade familiar. Os efeitos jurídicos que se extrairia disso são efeitos jurídicos de proteção da família. Eles não são uma família”, afirma.

Ele argumenta que se ateve ao conceito de família definido pela Constituição brasileira. “Declara no artigo 16 que constitui família o núcleo formado entre homem e mulher. E dá a esse núcleo uma proteção especial como célula básica da sociedade. Família é aquele núcleo capaz de gerar prole”.

Para o juiz, a união estável de pessoas de mesmo sexo contraria esse conceito constitucional. Na opinião dele, casais gays não teriam como constituir nem família nem estado. “Se você fizer um experimento, levando para uma ilha do Pacífico dez homossexuais e ali eles fundarem um estado, sob a bandeira gay, e tentarem se perpetuar como estado, eu acredito que esse estado não subsistiria por mais de uma geração”, argumenta.

A posição do juiz vai contra a interpretação do Supremo Tribunal Federal sobre o que é uma família. “O ministro-relator Ayres Britto disse que a Constituição apenas silencia e, portanto, não proíbe a união homoafetiva. Em linguagem poética, o relatório dele, aprovado por unanimidade, diz que família é um núcleo doméstico baseado no afeto e que os “insondáveis domínios do afeto soltam por inteiro as amarras desse navio chamado coração”.

Religião
Desde o ano passado, o juiz Jeronymo Villas Boas é também pastor da Igreja Assembleia de Deus, que frequenta toda semana. Para os que o acusam de fundamentalismo religioso, Jeronymo Villas Boas diz que já tomou decisões contra a sua própria igreja, negando pedidos de isenção de impostos. E afirma ter outras inspirações. “As pessoas, talvez, possam querer me criticar porque eu tenho uma forte influência marxista”, diz o juiz.

De Marx, o fundador do comunismo, a Martin Luther King, de quem tem um imenso painel. “O Martin Luther King foi um defensor da igualdade racial, mas também foi um defensor da família”, destaca. Em uma biblioteca contígua ao gabinete dele, Jeronymo mostra à equipe de Vinicius de Moraes, ao famoso ensaio do psicanalista Roberto Freire sobre o desejo, e até uma bíblia em hebraico. Diz que lê de tudo, sem preconceito. Mas não nega a influência de seus princípios religiosos. “A Constituição brasileira foi escrita sob a proteção de Deus. Querer que um juiz, que professa a fé evangélica, não decida questões que envolva conflitos, muitas vezes, de natureza política, social ou religiosa é negar a independência do juiz”, pondera.

E afirma que vai tomar a mesma decisão sempre que houver casos semelhantes. “Já solicitei de todos os cartórios que me remetam os atos que foram praticados a partir de maio deste ano para análise”, avisa. O repórter pergunta se ele sabe que irá enfrentar uma briga, e Jeronymo responde: “Não há problema. Se o juiz tiver medo de decidir, tem que deixar a magistratura. Juiz medroso ou covarde não tem condição de vestir a toga”.

Já quando perguntado sobre o que fará se for enquadrado pelos superiores, argumenta: “Eu tenho direito de defesa. Se me punirem sem o direito de defesa, nós entramos no regime de exceção”, afirma.

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, se diz perplexo com a atitude de Villas Boas. Para o ministro, nenhum juiz está acima das orientações do Supremo. “No meu modo de ver, a reiteração dessa prática por esse magistrado vai revelar a postura ostensiva de afronta à Suprema corte. Isso efetivamente vai desaguar em um processo disciplinar junto ao Conselho Nacional de Justiça”, alerta Fux.

FONTE: O GLOBO
Acesse: http://g1.globo.com/brasil/noticia/2011/06/juiz-de-goias-que-anulou-uniao-de-casal-gay-nega-ser-homofobico.html

Rev. Jucelino Souza
Twitter: http://twitter.com/jucelinosouza
E-mail: jucelinosouza@facebook.com

Advertisements
Comentários
  1. Gringo diz:

    Para mim ele quase correto… porque nao e questao de nao considerar eles como um casal, mais certamente um casal gay que e uma familia.

    outra coisa complicada e a questao de criar uma crianca, pois como impedir da crianca ser influenciada e nao seguir a opcao sexual dos pais simplesmente porque e o normal das criancas se espelharem nos pais. Nao e uma boa criar uma geracao de homossexuais.. uma coisa e uma crianca depois de adulta decidir por si o que quer, outra e uma crianca ser influenciada desdo seu nascimento… e complicado tudo isso, mas simplemente temos que defender a continuidade de um planeta… se todos acharem que ser homossexual e moderninho ou o certo a fazer em 100 anos nao existe mais planeta terra, afinal como vamos criar filhos se as mulheres estao com os homens…

    Se uma crianca de 16 nao pode ir para prisao porque e considerada que nao responde pelos seus atos acho que uma crianca tambem nao poderia por si so se decidir homessexual antes que chegasse a maioridade.

    Tudo bem que acho que 18 um exagero, para crimes ou ate para uma pessoa decidir o que ela e… poderia no minimo ser uns 16 para crimes e isso tambem., mais ate ai e tudo complicado.

  2. PARABÉNS AO JUIZ VILLAS BOAS PELA SÁBIA DECISÃO DE DEFENDER A SOCIEDADE E AS FEMÍLIAS BRASILEIRAS!!! PRECISAMOS DE MAGISTRADOS QUE SE LEVANTEM EM DEFESA DE PADRÕES ÉTICOS E MORAIS QUE QUEREMOS VER PERPETUAREM PARA AS FUTURAS GERAÇOES!!!!A FAMÍLIA PAI MÃE FILHOS É UM PROJETO PERFEITO DE PERPETUAÇÃO DA ESPÉCIE E SOMENTE UM CASAL ASSIM PODE MULTIPLICAR E POVOAR A TERRA!!!!CONCORDO COM O SUA EXCELÊNCIA O JUIZ VILLAS BOAS E CREIO QUE APÓS SUA DECISÃO MUITOS SE LEVANTARÃO PARA HONRAR SUA FAMÍLIA SEUS PAIS AVÔS E HONRAR O PRÓPRIO DEUS!!!A FAMÍLIA É UM PROJETO PERFEITO DE DEUS E CREIO QUE A VERDADE PREVALECERÁ O CAMINHO SERÁ FIRMADO E A VIDA PERPETUARÁ PRA SEMPRE!!!

  3. Alex Sandro Nascimento da Silva diz:

    enquanto há embasamento para discordar é aplausível, e umas das bases é quem disse que o STF pode legislar? então vou pedi para o verador julgar uma causa que tenho contra o prefeito, mas nós cidadões brasileiros com a constituilção em mãos podemos mostraremos que não somos tão leigo assim, segundo o deputado ex-BBB

  4. sueli gomes diz:

    parabens Sr. juiz pela sua atitude o mundo precisa de pessoas que fazem a diferença e que tenha coragem para enfrentar as adversidades, porque muitas pessoas que tem autoridade nas maos e que podem lutar por um mundo melhor estao indo de mal a pior, por isso, mais uma vez, PARABENS continue assim…..!!!!!!!!!

  5. Jose R Neto diz:

    Primeiramente gostaria de parabenizar este homem, pela brilhante carreira, e segundo por ser o único capaz de enfrentar aquela corja que está em brasilia, se dizendo os deuses do saber, e mostrar que ele tem total conhecimento tanto da Lei escrita pelo homem quanto a Lei do Criador e Senhor de tudo . DEUS….
    Alguem nesta terra ouviu o choro das familias…

  6. G.S.L. diz:

    A vinda de Jesus estar próxima o que falta mais acontecer, o invertimentos de valores do que e certo hoje e errado e o que e errado e certo, todos estes acontecimentos mim dar a certeza de que Jesus virar buscar aqueles que faz a sua vontade parabéns Sr. Juiz o senhor estar livre do sangue dos inocentes mais aquele que tem o poder nas mãos e inverter os valores este vai pagar pelo sangue derramados dos inocentes, porque tiveram a oportunidade de fazerem o certo e não fizeram, porque a justiça de Deus e ilimitada.

  7. Miguel Arkanjo!!! diz:

    por que o video do depoimento do pastor não esta assessivel e o da dupla gay está?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s